Home » Textos » Todos Os Sentidos

Todos Os Sentidos

As frases estavam arrepiadas por causa do assunto. E nada tinha sido dito ainda, só pensado. Se bem que a voz do olhar sensual, quando sussurrante, desamarra qualquer diálogo indecente: e apenas o cenário vestia os personagens. Era o suficiente. E o suficiente é tão preciso. Foi quando a fala desatou nas palavras: úmidas de língua. E a voz do olhar emudeceu: fechados os olhos. Tato, olfato, paladar no ato. Tudo refazia todos os sentidos. Era sentimento derramando. Era tanto pra tudo que é lado. Marla de Queiroz

About Marla de Queiroz

Check Also

Dois dedos de silêncio

M. Há dias meu coração sufoca de confusão e de angústia. Não sei ao certo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: