GIF Livros - 728x90
Home » Textos » Quando Há Feto

Quando Há Feto

Uma ventania no meu corpo ventre, afeto se exacerba se há feto após semente. Mudo o meu semblante, pele, poros, valores, planos. Será, talvez, o único amor onde não caibam desenganos. Todas as minhas formas vão se amoldando. Há além de um EU, um ser tão MEU, que sendo em si dentro de mim, é também Mundo. Uma ventania no meu corpo ventre mudou todos os meus rumos. Como te dizer, se ainda desconheço a tua face, deste amor que já é tão profundo? (Flor que desabrocha, pétala por pétala. Tantas no jardim, mas só me atento a esta). Eu te gestei por meses, guardando como MEU. Mas quando vi teu rosto, quem nasceu fui EU. Marla de Queiroz

About Marla de Queiroz

Check Also

É bom estar comigo

É bom estar comigo. Acordar com o sol, ver o progresso do dia e saber …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: