GIF Livros - 728x90
Home » Textos » Procurar pelo amor foi inútil

Procurar pelo amor foi inútil

Procurar pelo amor me foi inútil. O amor me encontrou. Não foi necessário nada além de um coração liberto, aberto e descontraído: o amor foi contraído no momento mais inusitado.

Procurar pelo amor me foi infértil. Deixei minha carência escolher por mim ou torcer para ser escolhida. E o que restou: mais um texto triste, um poema em carne viva.

A procura equivocada me levou para um lugar chamado cansaço. Não havia amor ali naquele abraço. Era qualquer coisa meio juvenil e imatura, onde se busca no sexo a cura sem encontrar realmente intimidade.

Procurar pelo amor também me fez sentir saudade. E por esta sucessão de faltas eu acreditei na força do sentimento que veio com a ausência. Mas eu não havia perdido ninguém, mas abafado, com uma busca desvairada, a minha essência.

E talvez sobrecarregado o Outro. E certamente sobrecarregado a mim. Como haveria espontaneidade assim?

Procurar pelo amor já é finito. Como posso encaixotar numa bússola aquilo que está guardado no infinito?

(Procurar pelo amor me foi inútil. O amor me encontrou).

Marla de Queiroz.

About Marla de Queiroz

Check Also

P1000463

Minha experiência transformadora com o Tantra

Acredito que ter uma vida criativa é uma das maiores formas de força: criatividade não …

6 comments

  1. Vim conferir o poema completo pq da série do YouTube, “Esconderijo”. Que lindo, parabéns! *_*

  2. Camila Martins Rangel lima

    Lindas palavras! Muito legal seu trabalho!

  3. Q coisa mais linda!
    Assim como vc diz o amor, aqui as novas letras me encontraram !!

  4. Marla, linda, querida!
    Como você consegue dizer tudo e tanto e tão profunda e perfeitamente a essência destas experiências. Eu estou em suas palavras!
    Linda!
    Gratidão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *