Home » Textos » A Desocupação Do Teu Abraço

A Desocupação Do Teu Abraço

Quanto se poderia dizer que teríamos para viver além do que tivemos? Eu te perdoei e fui embora e você questionou minha atitude. Mas eu precisava ir para perdoar também a mim. Eu não podia mais esperar que algo bom acontecesse depois de uma sucessão de breus. E talvez o medo desta escuridão fosse mais factual que o meu amor. E por te perdoar, não te levei comigo, entende? Não houve uma desistência, mas a escolha de um caminho outro: neste que, agora eu sei, seus passos não admitiriam trilhar. Por isso a desocupação do teu abraço: deixei ali o meu perdão e segui para a ocupação dos meus espaços. Guiada pelo amor? Não sei. Talvez pelo cansaço. Marla de Queiroz

About Marla de Queiroz

Check Also

Dois dedos de silêncio

M. Há dias meu coração sufoca de confusão e de angústia. Não sei ao certo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: